Notícias

Compartilhe esta Notícia

O que é Hipertensão Arterial?

Entenda em poucas palavras o que é esta doença que afeta tantas pessoas no mundo

 

O QUE É HIPERTENSÃO?

 

 

Hipertensão Arterial Sistêmica é um termo médico para designar a pressão alta na corrente sanguínea.

 

 

O QUE É PRESSÃO ARTERIAL?

 

 

A pressão arterial é dividida em duas medidas. 1. Pressão sistólica ou máxima e 2. Pressão diastólica ou mínima. Ela é expressa em milímetros de mercúrio (mmHg) e nessa ordem, primeiro a sistólica e em seguida diastólica. Exemplo: PA: 120/80 mmHg, ou seja pressão cento e vinte por oitenta. Significa que a pressão máxima é 120 e a mínima é 80 milímetros de mercúrio. Alguns preferem simplificar e retiram o zero, ficando PA 12/8, ou seja pressão doze por oito.

 

 

QUAL É A PRESSÃO ARTERIAL NORMAL?

 

 

A sociedade brasileira de cardiologia classifica a pressão arterial nos adultos em sete categorias:

 

 

CLASSIFICAÇÃO

PA SISTÓLICA

PA DIASTÓLICA

ÓTIMA

< 120

< 80

NORMAL

< 130

< 85

LIMÍTROFE

130 A 139

85 A 89

HIPERTENSÃO ESTÁGIO 1

140 A 159

90 A 99

HIPERTENSÃO ESTÁGIO 2

160 A 179

100 A 109

HIPERTENSÃO ESTÁGIO 3

≥ 180

≥ 110

HIPERTENSÃO SISTÓLICA ISOLADA

≥ 140

< 90

 

 

Dessa forma, até 139/89 temos pressão normal, a partir de 140/90 temos hipertensão arterial.

 

 

DEVO ME PREOCUPAR COM A PRESSÃO ARTERIAL?

 

Sim. Estima-se que 30 a 40% dos brasileiros tenham hipertensão e que somente metade destes tem conhecimento do diagnóstico, ou seja, metade dos brasileiros hipertensos não sabem que tem pressão alta. Portanto, faça uma consulta médica preventiva pelo menos uma vez por ano e saiba como anda sua pressão.

 

 

POR QUE É PERIGOSO TER PRESÃO ALTA?

 

 

A pressão alta é o principal fator de risco para o desenvolvimento de infarto do miocárdio (ataque cardíaco) e acidente vascular cerebral (derrame). Estas duas doenças juntas matam mais brasileiros do que todos os tipos de câncer somados aos acidentes e homicídios. Tratando a hipertensão, uma simples redução de 2 mmHg na pressão sistólica reduz em 10% o risco do indivíduo desenvolver derrame e em 7% o risco de infarto do miocárdio. Além disso a hipertensão não tratada leva a problemas nos rins e na visão. Por isso é perigoso ter pressão alta e não tratá-la.

 

 

COMO PREVENIR A HIPERTENSÃO?

 

 

Prevenir hipertensão significa passa por mudança do estilo de vida e dos hábitos. É importante manter hábitos saudáveis, evitando bebidas alcoólicas em excesso, manter uma dieta saudável consumindo bastante frutas, legumes e verduras, evitando enlatados, conservas, frituras e comidas ricas em gorduras, evitar o consumo excessivo de sal, todo o sal de que precisamos já existe nos alimentos e não é necessário adicioná-lo à comida, manter atividade física regular, pelo menos 03 vezes por semana e no mínimo 40 minutos por vez, dormir bem diariamente, manter o peso adequado para sua altura, evitar estresse emocional e sobrecarga de trabalho, mantendo férias regulares e folgas semanais.

 

 

COMO TRATAR A HIPERTENSÃO?

 

 

O tratamento deverá ser, sempre, prescrito por um médico. Ele saberá qual a melhor forma de tratamento para você. Sob linhas gerais o tratamento passa essencialmente pelas medidas de mudança dos hábitos não saudáveis de vida, dieta e exercício físico. Quando estas modificações sozinhas não reduzem a PA é necessário tratar com medicamentos.

 

CONSULTE UM CARDIOLOGISTA!