Notícias

Compartilhe esta Notícia

AGOSTO DOURADO: MÊS DO ALEITAMENTO MATERNO – IMPORTÂNCIA E BENEFÍCIOS

O Agosto Dourado é dedicado para conscientizar as novas e futuras mamães sobre a importância do aleitamento materno. Oficialmente, o Dia Mundial do Aleitamento Materno é comemorado em 1º de agosto e foi instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS), por ser considerado de alta importância no desenvolvimento de uma nova vida.

Foto -

 

A amamentação pode ser um processo difícil para muitas mulheres que, por diversos motivos, acabam não conseguindo ou não produzindo o leite necessário para nutrir o bebê. Nesses casos, a mãe deve primeiramente buscar o acompanhamento médico para encontrar a raiz do problema e conseguir solucioná-lo.

 

Quando o corpo não produz o leite necessário, mesmo após o tratamento recomendado pelo médico, o ideal é procurar um Banco de Leite Humano, onde o alimento é doado por lactantes que produzem mais do que o suficiente para seus filhos.

 

BENEFÍCIOS PARA O BEBÊ

 

O leite materno e a amamentação são considerados pela OMS um alimento padrão ouro para a saúde dos bebês. Veja seus benefícios:

 

– Todas as proteínas em um alimento só: o leite materno possui todos os nutrientes que as crianças necessitam, além de que, um estudo publicado pela BMC Public Health, o leite pode protegê-las contra a obesidade.
– Previne contra leucemia infantil: uma pesquisa publicada pela JAMA Network comprova que o alimento materno reduz até 19% as chances de a criança contrair a doença.
– Anticorpos: durante a amamentação, os anticorpos da mãe são passados para o bebê através do leite, sendo de extrema importância, uma vez que as crianças ainda não possuem um sistema imunológico forte.
– Reduz as chances de problemas respiratórios: amamentando seu filho por no mínimo seis meses, o risco de infecções no sistema respiratório é reduzido até a fase da pré-escola.


BENEFÍCIOS PARA A MÃE

A amamentação também oferece benefícios para as mamães e lactantes. Além de ser um ato de amor que fortalece o vínculo com seu filho, o processo reflete em vantagens na sua saúde:

 

– Menor chance para o câncer: o alimento materno reduz em até 22% o risco de aparecimento de câncer de mama, ovários e endométrio. Quanto maior o tempo de amamentação, maior essa porcentagem.
– Diminui a ansiedade: como o bebê precisa de um momento tranquilo para se alimentar, consequentemente, a mãe acaba se acalmando também nesses momentos.
– Previne contra a anemia: devido ao fato da menstruação demorar a se regular novamente após o parto, o organismo acaba retendo maior quantidade de ferro, impedindo a anemia.
– Favorece o emagrecimento: a amamentação consome até 700 calorias por dia, ajudando a mulher a retornar ao peso ideal mais rápido.
Se você está passando por alguma dificuldade para amamentar, procure seu médico para ter uma recomendação profissional de como seguir com a alimentação do seu filho sem causar danos à saúde dele e à sua.

 

Fonte: HSF

Este site usa cookies para fornecer a melhor experiência de navegação para você. Para saber mais, basta visitar nossa Política de Privacidade.
Termo de Uso.
Aceitar cookies Rejeitar cookies
DPO/Encarregado de Dados: Augusto Messeder - SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA
Contato: privacidade@hospitalprimavera.com.br
Obs. Esse e-mail tem a finalidade de receber informações, solicitações ou reclamações relacionadas ao Tratamento de Dados Pessoais feito pela Rede Primavera. Para envio de currículos e solicitação de vagas devem usar o link Trabalhe Conosco disponível no site.